.F11..- FULL SCREEM -Melhor visualização  


Nas asas deste livro Homero Homem achava mais bonito asas do que orelhas , um voleio.

Certo dia, Gilberto Mendonça Teles perguntou:

E você, Stella? Que é que está escrevendo?

Acabei um cancioneiro a ando às voltas com um romanceiro novo.

O poeta sorriu: Pelo jeito parece um projeto.

E ela, imediatamente Sim, o Projeto Brasil. Cancioneiros, romanceiros e rapsódias sobre o Brasil.

Visualizou, ouviu; no sonho, um mural ou uma sinfonia? Épico-líricas, onde cada livro fosse parte de sua terra, aquele país com tanto o que memorar.

E vieram-lhe à mente heróis, idéias, histórias, estórias, um mundo de lendas.

E veio o Memorial da Casa da Torre romanceirando a Bahia.

 


Stella Leonardos [da Silva Lima Cabassa]. Carioca, Poeta, romancista, dramaturga, tradutora, autora de literatura para crianças. Decana do PEN Club do Brasil. Presidente da Academia Carioca de Letras. Secretária Geral da União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro. Membro do Instituto Brasileiro de Cultura Hispânica e da Sociedade Eça de Queiroz, além de acadêmica do Instituto Histórico e Geográfico do Rio de Janeiro e membro da International Writers and Artists Association, do Bluffton College de Ohio (EUA).

Mais de duzentos títulos publicados. Mais de trinta prêmios literários nacionais, sendo nove da Academia Brasileira de Letras.

Entre as láureas, a Medalha Machado de Assis, da União Brasileira de Escritores de Nova York. O Premio Internacional da Cultura Catalã Batista i Roca. A Medalha de Mérito Cultural, concedida pelo Consulado da Grécia do Rio de Janeiro. A Medaille de Vermeil, da Société d'Encouragement au Progrès (França), e a Medalha de ouro da Académie des Arts Sciences et Lettres (França).

* Mulher do Ano em Literatura.



6566
 
© Stella Leonardos (2010)
Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial, sob todas as formas e meios,
sem a expressa autorização do autor, nos termos da Lei 9.610/98.

A REPRODUÇÃO DESTAS IMAGENS E TEXTOS FOI EXPRESSAMENTE AUTORIZADA PELA AUTORA, O QUE MUITO NOS HONRA E PENHORADAMENTE AGRADECEMOS.
.

 

Saudação a Stella Leonardos

No ensejo em que comemoramos os 500 anos da chegada de Diogo Álvares, o Caramuru e os 460 anos da Fundação da Cidade do Salvador, com a chegada de Garcia d'Avila, surge do prelo esta antologia poética – livro titulado "Memorial da Casa da Torre", de autoria de Stella Leonardos, nome consagrado na literatura nacional e internacional.

Esta seleta de trovas modernas que canta o Morgado de Tatuapara é trabalho inédito. Os cultores da Torre, de antes, o fizeram em prosa, com destaque para Pedro Calmon e Borges de Barros.

Abrangendo, naturalmente, Diogo Álvares, o Caramuru e sua esposa Catarina Paraguaçu, por ser a origem da Torre, dentre as numerosas famílias descendentes deste casal, a que mais ostensivamente assumiu sua hereditariedade com grande honra e providências, o Livro de Stella Leonardos envolve, ainda, vínculos e visadas históricas que flanquearam o Morgado de Garcia d'Avila, concorrendo para a perenização, na Memória de todos, do orgulho dos seus autênticos fastos e efemérides, que se inseriram profundamente nos Anais da Bahia e do Brasil.

Stella Leonardos, Estas nossas singelas palavras superam a honra e a satisfação da nossa homenagem, em 13 de novembro de 1998, ao saudá-la, em nome do Instituto Histórico e Geográfico do Rio de Janeiro, recebendo-a como sócia efetiva, reiterando os cumprimentos e agradecimentos, por mais esta obra lírica, que integra seu precioso Projeto Brasil, dentre os seus mais de duzentos e cinquenta títulos publicados.

Nosso Muito Obrigado ! ...E Parabéns !

Christovão de Avila




.
..Fonte: MEIRELLES, Edir. In: Folhetim, da União Brasileira de Escritores - RJ, Ano IV, MARÇO A MAIO 2011, No XI. p..2.
. < http://www.uberj.org.br/uberj/ube/folhetim4.uberj.pdf >.

Topo
Christovão de Avila
www.casadatorre.org.br