.F11..- - FULL SCREEM -Melhor visualização
CARAMURU 500 ANOS
Eventos no Brasil - Rio de Janeiro e Bahia




10

Tatuapara
Praia do Forte
Mata de São João
Bahia
- Brasil
Capela de Nossa Senhora da Conceição da
Torre de Garcia d'Ávila
2009 Mai 22




1609 – Garcia D’Avila - Quarto Centenário do Falecimento – 2009
1509 – Caramuru 500 Anos - O Heróico Vianense – 2009

Nas Origens do Brasil - Em Tatuapara

Vereador Alexandre de Lima Rossi Vice-Presidente da Câmara Municipal recebe o Brasão de São Pedro de Rates, para ser entregue quando da formalização da Geminação, na foto Christovão de Avila entregando o Brasão de Armas de Mata de São João, homenageando o Prefeito João Gualberto Vasconcelos.
O poeta matense José Adalto Araújo Nascimento brinda os convidados com uma sua poesia, homenageando Garcia d'Ávila, aplaudido por todos.

In: < http://vereadoralexandrerossi.blogspot.com/2009/05/convite-convidamos-todos-para-o-evento.html >






9

Rio de Janeiro - RJ
Brasil
Igreja Nossa Senhora da Paz
2009 Mai 18

Missa no dia 18 de maio, segunda-feira, às 18:30 h, memorativa pelos 400 Anos do Falecimento de Garcia d'Ávila 1º, na Igreja Nossa Senhora da Paz, presidida pelo Pe. Jorge Luiz Neves Pereira, o Padre Jorjão, que é Vigário Paroquial. Localizada no bairro de Ipanema, à Rua Visconde de Pirajá, situa-se nas proximidades das ruas Barão de Jaguaripe e Barão da Torre, que homenageiam descendentes de Caramuru e Paraguaçu, na sucessão da Casa da Torre de Garcia d'Ávila, heróis da Independência do Brasil, na Bahia, ladeando as também heroínas ruas Joana Angélica e Maria Quitéria, distante duas quadras da Rua Garcia d'Ávila.

1609 – Garcia D’Avila - Quarto Centenário do Falecimento – 2009

Rio de Janeiro - RJ - Brasil

Gen Luiz Augusto Cavalcanti Muniz de Aragão

Francisco dos Santos Pires Albuquerque

Padre Jorjão, Sra Vanda Almeida Lima, Consulesa de Portugal e Christovão de Avila

Ipanema, Rio de Janeiro - RJ - Brasil

Luiz Felipe, Christovão e Vilma de Avila, com Padre Jorjão






8

Salvador 460 Anos - Caramuru 500 Anos


Salvador - Bahia
Brasil
Igreja de Nossa Senhora da Graça
2009 Mar 29

Missa festiva organizada pela Amograça - Associação de Moradores da Graça e pela Campanha Graça Solidária, com o apoio do Centro Cultural e de Pesquisas do Castelo da Torre, em homenagem aos 460 anos da fundação da Cidade do Salvador e aos 500 anos da chegada de Caramuru ao Brasil. A celebração foi presidida por Dom Miguel Souza, em 29 de março de 2009, na Igreja da Graça, com a participação do Coral do Mosteiro de São Bento e da Banda do Corpo de Bombeiros da Bahia. Estiveram presentes o Prefeito João Henrique de Barradas Carneiro, o Vice Prefeito Edivaldo Brito, o Chefe do Gabinete Fernando Shimidt representando o Governador Jaques Wagner, o Secretário Municipal Antônio Brito, o Vereador Pedro Godinho, além de outras autoridades.

Imagem de Nossa Senhora da Graça,
primeira padroeira do Brasil

Celebração presidida por Dom Miguel Souza,
Monge do Mosteiro de São Bento

João Henrique, Fernando Shimidt,
Edivaldo Brito e Pedro Godinho

Coral do Mosteiro de São Bento

Christovão e a esposa Vilma de Avila


Canto do Hino do Município de Salvador

Prefeito João Henrique cumprimentando a
Cantora Cyrene Paparotti


Luiz Felipe de Avila, Dom Miguel,
Christovão de Avila e Dom Bernardo Lucas


Christovão de Avila, Pedro Godinho e
Flávio de Paula


João Henrique, Edivaldo Brito,
Pedro Godinho, Flávio de Paula e
Christovão de Avila

Christovão de Avila, Flávio de Paula
e o Prefeito João Henrique
.....
Programação religiosa e infantil marca comemorações

29/03/2009 19:42

A programação religiosa especial organizada pela Prefeitura de Salvador neste domingo (29) foi acentuada por momentos marcantes. Orações pela paz, celebração da diversidade cultural, étnica e religiosa, valorização dos antepassados e resgate histórico foram os principais elementos que deram continuidade aos festejos dos 460 anos de fundação da primeira capital do Brasil.

Logo no início da manhã, na Praça Municipal, um ato ecumênico reuniu soteropolitanos, turistas e representantes das igrejas Católica e Batista, do Candomblé e da Federação Espírita da Bahia, em uma demonstração de respeito às diferenças de credo e de amor pela aniversariante. "Vamos olhar o passado da nossa cidade, seus feitos e sua história para construirmos uma nova história. Vamos abrir os braços para um novo tempo", conclamou o padre Valson Sandes, da Basílica da Conceição da Praia, ao destacar que, mesmo com crenças e doutrinas diferentes, o baiano é um povo de fé.

Visivelmente emocionado, o baba Silvonilton, do Terreiro Oxumaré, agradeceu a sorte e a graça de ter nascido em um local tão plural e singular ao mesmo tempo, onde os negros criaram sua identidade e puderam difundi-la. "Estamos muito felizes em atender ao convite para celebrar esse tempo de mais tolerância, solidariedade e, especialmente, de mais respeitos às religiões de matrizes de origens africanas".

Já Mirian Quariguazi, da Federação Espírita, parabenizou a capital baiana pelas suas características peculiares, que "permitem e autorizam que religiões e povos de várias crenças convivam em paz e harmonia". Ela ainda recorreu a Gandhi para lembrar que "não existe caminho para a paz. A paz é o caminho".

A pastora da Igreja Batista do Brasil, Genivalda dos Santos, clamou pela dignidade e paz, e lembrou que é preciso força e ânimo de todos para tornar a "linda e incomparável Salvador" ainda melhor. "Podemos transformar nossa cidade e anular nomes do seu passado, como violência".

O secretário municipal do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão, Antônio Brito, falou do "orgulho de a cidade chegar aos seus 460 anos com um povo alegre e trabalhador" e da importância de "Salvador possuir uma prefeitura preparada para atender aos anseios da população". Uma chuva de brilho e balões e o Hino ao Senhor do Bonfim, cantado pelo Coral da Cidade, encerraram o ato religioso e deram espaço para a apresentação no local, de oito fanfarras da metrópole e municípios vizinhos.

Missa - Logo depois, às 10h, a Igreja de Nossa Senhora da Graça ficou lotada para a missa comemorativa não só do aniversário da cidade, mas também dos 500 anos da chegada de Diogo Álvares Correa, o Caramuru, ao Brasil. Especificamente na Baía de Todos os Santos, onde originou a miscigenação de povos e constituiu a primeira família patriarcal do país.

Conduzida por Dom Miguel, que saudou no início "aos que contribuíram para a construção de Salvador e pelos que lutam para torná-la uma cidade cada vez melhor", a celebração contou com as presenças do prefeito João Henrique, do vice-prefeito Edvaldo Brito, secretários municipais, vereadores e outras autoridades, além do descendente direto de Caramuru, Cristóvão d'Ávila.

Dom Miguel fez um resgate histórico da construção da cidade e destacou a importância da influente atuação do náufrago português, que tornou-se mediador do país nas relações com outras nações. Para ele, o fato foi fundamental para o desenvolvimento da atual capital da Bahia e também do Brasil.

"O casal alegre e festeiro Caramuru e Catharina Paraguaçu deu origem ao perfil do baiano, que se identifica com todas as raças", lembrou o religioso. Ele falou ainda da receptividade do soteropolitano e da "graça de escrever o nome da cidade com nosso suor, nosso trabalho e com perspectivas e projetos".

Como melhores presentes para Salvador, João Henrique ressaltou a paz e a diminuição do desemprego. "Neste momento especial, pedimos a Deus mais segurança e paz para a nossa cidade, para que possamos viver em harmonia. Pedimos também mais emprego para o nosso povo", afirmou. O prefeito acrescentou ainda o desejo de que a crise econômica mundial passe logo e o município retome o seu ritmo de crescimento.

Ao final, a cantora lírica Sirene Pavarotti, acompanhada do Coral do Mosteiro São Bento, cantou o hino de Salvador, e a banda de Música do Corpo de Bombeiros executou os parabéns.

In: fhttp:
/www.secom.salvador.ba.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id
=15622&Itemid=42


 



Cidade
Missa e ato ecumênico na festa dos 460 anos
Publicada: 29/03/2009 | Atualizada: 29/03/2009

Lilian Machado


Telas de autoria desconhecida presentes na sacristia da Igreja de Nossa Senhora da Graça se referenciam a visão da índia Catarina Paraguassu que viu Nossa Senhora e depois disso construiu a capela no lugar que antes era chamado de Vila Velha e hoje é o Bairro da Graça.

Outras duas telas também rememoram a ligação ente a Igreja da Vitória e da Graça e como vivia a população de Salvador no século XVI – ano de 1549 quando a cidade de Salvador se tornou a primeira capital do país.

Os quadros são apenas algumas das representações lembradas na passagem do aniversário de 460 anos, comemorados ontem pela manhã em uma missa especial na Igreja de Nossa Senhora da Graça. Estavam presentes na missa, o prefeito João Henrique, o vice-prefeito Edvaldo Brito, o gestor da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (Setad), Antonio Brito, vereadores e o chefe do gabinete do governo do Estado, Fernando Schmidt, que representou o governador Jaques Wagner.

Emocionado com a data, o engenheiro militar, Christovão Dias de Ávila Pires Junior, 13º neto de Caramuru – Diogo Álvares, personagem central dos primeiros períodos de Salvador, como capital da Colônia fez questão de lembrar a importância histórica do fato. Ele saiu do Rio de Janeiro com o filho Luiz Felipe de Ávila, 14ª geração de Caramuru para celebrar os atos pelo aniversário da cidade. "Esse sentimento não é apenas pessoal, mas porque aqui começou tudo. Esse lugar foi o primeiro núcleo europeu do Brasil e foi aqui que começou a verdadeira história do país", frisou.

O seu filho, Felipe de Ávila também ressaltou a gratificação de ser remanescente das pessoas que fizeram o antepassado de Salvador. "Desde criança ouço as histórias contadas por meu pai que sempre faz questão de destacar o porquê de tudo. É tudo maravilhoso", diz.

Publicada: 29/03/2009


Leia a notícia na íntegra. Clique no endereço abaixo.
[ In: < http://www.digita.com.br/tribunadabahia/news.php?idAtual=2961 >]







7


Tatuapara, Praia do Forte, Mata de São João - Bahia
Brasil
Castelo da Torre de Garcia d'Ávila
2009 Mar 27

Realização e Participação:
- Prefeitura Municipal de Mata de São João - Pref. João Gualberto Vasconcelos
- Instituto Geográfico e Histórico da Bahia - IGHB. Pres. - Consuelo Pondé de Sena.

- Instituto Genealógico da Bahia - IGB. Pres. Álvaro Pinto Dantas de Carvalho Júnior.

- Associação dos Moradores da Graça - Amograça, Pres. Flávio Damásio de Paula. (Congrega moradores do bairro da Graça e adjacências. Local da Vila Velha, primeira fixação comprovada do colonizador europeu, fundada por Caramuru).
- Centro Cultural e de Pesquisas do Castelo da Torre - CCPCTorre, Pres. Christovão Dias de Avila Pires Junior. (Congrega descendentes de Caramuru e Paraguaçu, na sucessão da Casa da Torre de Garcia d'Ávila, esta que representou, ao longo dos séculos, Diogo e Catarina Álvares Caramuru).

- Apoio local: - Fundação Garcia d'Ávila
Estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal Joselito Nascimento, representando o Prefeito João Gualberto Vasconcelos, o Vice Presidente Alexandre Rossi, o Diretor da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil / Bahia Helder Gutieres representando o Cônsul de Portugal, além de outras autoridades.

Palestra e Exposição de Brasões


. . Mata de São João .- .Cidade do Salvador .- .Saint Malo .- .Viana do Castelo
..


Professores e alunos da Escola São Francisco, em Itapagipe, Salvador.


Leia a notícia na íntegra. Clique no endereço abaixo.
[ In: < http://www.bahiaja.com.br/artigos_texto.php?idArtigo=369 > ]





6

Salvador - Bahia
Brasil
Igreja de Santana - Rio Vermelho
2009 Mar 24

No Salão Paroquial da Igreja de Santana, no Rio Vermelho, o lançamento do livro Diogo Álvares, o Caramuru, de autoria do escritor Ubaldo Marques Porto Filho, no lançamento da Pedra fundamental do Memorial Caramuru.

Consul João Sabido Costa, Christovão de Avila, Maria Cecília Albuquerque e Vera Sales


Flávio de Paula, Christovão de Avila
e Ubaldo Porto


Ubaldo Porto e o Prefeito João Henrique cumprimentando Christovão de Avila



In: http://www.secom.salvador.ba.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=15528&Itemid=42





Início das Comemorações Oficiais - Bahia

5

Mata de São João
Bahia
- Brasil
Prefeitura Municipal de Mata de São João
2009 Mar 23

Realização e Participação:
- Prefeitura Municipal de Mata de São João - Pref. João Gualberto Vasconcelos
- Instituto Geográfico e Histórico da Bahia - IGHB. Pres. - Consuelo Pondé de Sena.

- Instituto Genealógico da Bahia - IGB. Pres. Álvaro Pinto Dantas de Carvalho Júnior.

- Associação dos Moradores da Graça - Amograça, Pres. Flávio Damásio de Paula. (Congrega moradores do bairro da Graça e adjacências. Local da Vila Velha, primeira fixação comprovada do colonizador europeu, fundada por Caramuru).
- Centro Cultural e de Pesquisas do Castelo da Torre - CCPCTorre, Pres. Christovão Dias de Avila Pires Junior. (Congrega descendentes de Caramuru e Paraguaçu, na sucessão da Casa da Torre de Garcia d'Ávila, esta que representou, ao longo dos séculos, Diogo e Catarina Álvares Caramuru).

- Apoio local: - Fundação Garcia d'Ávila

Palestra - CARAMURU 500 ANOS




Pelestrante Christovão de Avila

Presidente da Câmara Municipal Joselito Pereira Nascimento, Vice Presidente Alexandre de Lima Rossi e Christovão de Avila

Prefeito João Gualberto Vasconcelos, de Mata de São João e Christovão de Avila

No gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Mata de São João, Joselito Pereira Nascimento, com Christovão de Avila. Nas paredes o Castelo da Torre de Garcia d'Ávila e a Torre do Bonfim, erguida no povoamento do Senhor do Bonfim das Matas de São João, onde foi construída a grande igreja de pedra e cal e que teve os seus dias gloriosos durante a
colonização do Brasil



..
Leia a notícia na íntegra. Clique no endereço abaixo.
[ In: < http://www.bahiaja.com.br/noticia.php?idNoticia=14324 > ]





4

Salvador - Bahia
Brasil
Igreja de Nossa Senhora da Graça
2009 Mar 17-18

Encontro no Palácio Thomé de Souza entre o prefeito de Salvador, João Henrique, e o seu homólogo de Viana do Castelo, Defensor Moura. Na pauta do encontro estiveram, segundo informou a Prefeitura de Salvador, "ações para estreitar os laços históricos entre as duas cidades, através da colaboração cultural e artística, e as atividades comerciais e industriais, além da agenda comemorativa da data".
Defensor Oliveira Moura na Bahia






3

Salvador - Bahia
Brasil
Festas da Colina Sagrada
2009 Jan 8-18

- 2009 -
Ano Paulino

...
Fabiana Maia
O louvor ao Senhor do Bonfim começou na noite de quinta-feira, dia 8 de janeiro, com as solenidades religiosas na Igreja do Bonfim, na Cidade Baixa. A abertura do novenário foi dada com o hasteamento da bandeira do Senhor do Bonfim pelo vice-prefeito Edvaldo Brito, em frente à Basílica, e a benção dos juízes da festa, membros da venerável Devoção do Senhor do Bonfim.

A programação seguiu com a celebração da missa, às 19 horas, pelo padre André de Souza Soeira, tendo como tema "Como São Paulo, seguiremos Jesus Cristo crucificado, o Senhor do Bonfim", a primeira das comemorações ao Senhor do Bonfim. Na ocasião, foram homenageadas diversas personalidades e entidades, dentre elas, o senador João Durval Carneiro e o vice-prefeito de Salvador, dentre outros.

A novena prossegue, sempre às 19 horas, até o dia 18 de janeiro. No último dia, no entanto, a celebração será iniciada mais cedo, com missas as 5 e 6 horas, 7h30, 15 horas e 17h30. A organização da festa religiosa estima que cerca de mil pessoas participem do encerramento oficial às 10 horas, com missa solene que será celebrada pelo arcebispo primaz do Brasil, Dom Geraldo Majella Agnelo.

Será suspensa a novena na próxima quinta-feira (dia 15). Como todos os anos, as portas da Igreja do Bonfim são fechadas para ser realizada a tradicional Lavagem do Bonfim, quando turistas e baianas percorrem as ruas da Cidade Baixa para agradecer e pedir proteção ao padroeiro do Estado.

Fonte: Prefeitura da Cidade de Salvador
http://www.salvador.ba.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=13888&Itemid=42

Programa oficial



Fonte: Devoção do Senhor Bom Jesus do Bonfim
- Juiz
Cel Flodoardo Caldas Medeiros de Azevedo
P.E.O - Devoto Estatutário - Daniel Marback Barbosa de Souza


Descendentes de Caramuru na Festa do Bonfim

...
Participaram da Missa Solene da Igreja Basílica de Nosso Senhor do Bonfim, no dia 18 de Janeiro de 2009, em Itapagipe, descendentes diretos de Diogo e Catarina Álvares Caramuru, na sucessão da Casa da Torre de Garcia d'Ávila, residentes no Rio de Janeiro, congregados no Centro Cultural e de Pesquisas do Castelo da Torre, que em 2009 registra seu vigésimo ano de profícua atividade.

É importante assinalar, que na península de Itapagipe fora implantado, por Garcia d'Ávila I, chegado com Tomé de Souza em 1549, seu primeiro curral de gado, que se propagou por todo o nordeste, com suas dez gerações sucessoras, devassando-o e povoando-o. Ali residiram descendentes de Caramuru, pela Casa da Torre, numa esplendorosa mansão, até o século XIX, batizada pelos moradores, na época da construção da Igreja do Senhor do Bonfim, de Solar do Coronel, em virtude da patente militar de José Pires de Carvalho e Albuquerque, Capitão mor da Cidade da Bahia e senhor do morgado dos Pires e Albuquerque. Era ele casado com D. LEONOR PEREIRA MARINHO DE ARAGÃO, filha de Francisco Dias de Avila (III) e D. Catarina Francisca Correia de Aragão Vasques Anes, senhores da Torre de Garcia d'Ávila e, segundo registros, em 1761 fora D. LEONOR a primeira Juíza da Festa do Senhor do Bonfim.
Representou os descendentes de Caramuru, Maria Cecília Pires e Albuquerque Penna, assessora de imprensa, também, na quinta-feira dia 15, da Lavagem do Bonfim, cujo cortejo parte da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, que teve sua primeira Capela construída e mantida pelos Senhores da Torre, seguindo até a o alto do Bonfim, na Colina Sagrada.

Neste transcurso do ano do V Centenário da chegada de Diogo Álvares CARAMURU ao Brasil, na Bahia, uniram-se ao povo baiano, no local do ponto máximo dos seus festejos, para reverenciar este primitivo povoador da Bahia, que se insere nas origens do povo brasileiro, como celebrou Gregório de Matos 'deste Adão de Massapé', e a 'mais antiga figura feminina da história do Brasil', a índia Catarina Paraguaçu, considerada 'símbolo de congraçamento racial', como se refere Pedro Calmon, que tiveram grande influência na miscigenação que caracteriza a nação brasileira.

Fonte: http://www.casadatorre.org.br/index.html





2

Nova Iguaçu
Rio de
Janeiro
Brasil
GRES Unidos de Santa Rita desfila
"CARAMURU - 500 anos
da Fundação Mítica do Brasil
"
2009 Fev 22

Abrindo as homenagens, no Carnaval de 2009 em Nova Iguaçu, a GRES Unidos de Santa Rita reverenciou o Heróico Vianense Caramuru – mito da origem do Brasil e do entrelaçamento de duas nações – com a saga do homem branco, que ao aportar em terras brasileiras, trouxe novas perspectivas para a nossa formação étnica e cultural.
- 22 de fevereiro de 2009: Desfile do GRES Unidos de Santa Rita
- Enredo de 2009: "
CARAMURU - 500 anos da Fundação Mítica do Brasil".


Realização e
Participação:

- Prefeitura Municipal de Nova Iguaçu - Prefeito Luiz Lindbergh Farias Filho.
- GRES Unidos de Santa Rita
: Pres. José Fernandes, o Fernando.
- Carnavalesco: Renato Bandeira. Criador e desenvolvedor do Enredo.
- Centro Cultural e de Pesquisas do Castelo da Torre - CCPCTorre, Pres.
Christovão de Avila. Apoio Cultural em História e Heráldica.
 
Imagens do Desfile
CORTESIA: Prefeitura de Nova Iguaçu
Assessoria de Imprensa - Vinicius Marins
FOTOS: Everton Barsan/Divulgação
Clique na imagem abaixo para ver as fotos e textos.





IGHB resgata CARAMURU 500 Anos

1

Salvador - Bahia
Brasil
Instituto Geográfico e Histórico da Bahia
2007 ago 18-20

Palestra Diogo e Catarina Álvares Caramuru
Christovão de Avila e Profa. Consuelo Pondé de Sena, presid. IGHB

 


Tatuapara, Praia do Forte, Mata de São João - Bahia
Brasil
Instituto Geográfico e Histórico da Bahia e
Escola São Francisco, em Prais do Forte
2007 ago 18-20


Caramuru 500 Anos - nas Origens do Brasil
em Tatuapara - Mata de São João
O Coordenador de Turismo do município de Mata de São João, Alexandre de Lima Rossi, que representou nos eventos o Prefeito João Gualberto Vasconcelos, ao lado do Prof. Eugênio de Avila Lins, da Universidade Federal da Bahia - UFBA, confirmando com o palestrante Christovão de Avila os detalhes do programa "Rememorando a história do município" que foi realizado no final daquela semana, em Praia do Forte.
Constou de uma palestra no sá
bado, dia 19 de agosto, no auditório da Escola São Francisco, resgatando o processo de formação do município, o desenvolvimento social, político e econômico, uma iniciativa que é resultado do esforço da Prefeitura em resgatar as tradições culturais que definem a identidade do povo matense, e no domingo uma visita ao Castelo da Torre de Garcia d'Ávila, acompanhando os Condes Lorenzato, também descendentes da Casa da Torre, trazendo dois casais chegados da Itália, em visita à Bahia, interessados nos eventos e exposições do Armorial Histórico da Casa da Torre, associados às celebrações cívicas 2007-2011.
Fotos: Flávio de Paula

 

..
Christovão de Avila
www.casadatorre.org.br

Biografia

..
É permitida e estimulada a reprodução e a divulgação parcial ou integral, do conteúdo da presente Home Page, desde que mencionados os autores e as origens, reservados os direitos dos respectivos autores.

© Copyright 1989-2009

..
TERMO DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE
casadatorre.org.br não se responsabiliza pelo conteúdo e oferta de produtos e serviços contidos em qualquer site e/ou loja virtual, a ele conectado.